Del Rey Itapuã
ImprimirE-mail

Del Rey Itapuã

 Em uma das visitas que fiz ao Haras Itapuã, após observar vários cavalos, uma pessoa do haras fez questão de me mostrar um garanhão não muito grande de 4 anos, segundo essa pessoa, ele achava perfeito para mim, um pequeno cavalo extremamente lindo!!!

Primeiro o vi em liberdade... Perfeito... Depois montei... Mais que perfeito...




- Garanhão
- Nascido em 06/01/2004
- Filho de Rochefort Jmen e Iguape
Ele chegou no local onde estavam meus cavalos já todo se achando, relinchava, fazia pose, se achava o dono do pedaço!!!
 
Fui montar... Todo machinho... Só queria saber de empinar e se exibir... Ai ai ai...
Depois de umas 2 semanas trabalhando ele em uma pista pequena sem ninguém resolvi levá-lo para pista grande junto dos outros cavalos... Pra que? Quando ele viu outro cavalo ele empinou e tentou partir para cima!!! Era hora de voltar para a pistinha e ficar mais 1 mês treinando.
 
Depois disso ele começou a aceitar melhor outros animais, mas ainda tinha vezes que ele empinava para se mostrar!!!
Temos até algumas histórias dele, como por exemplo o dia que ele fugiu de mim na baia e o portão do haras estava aberto, saímos correndo para fora, quando gritamos o nome dele e ele olhou em volta e como não reconheceu o local, voltou até nós tranqüilo e fomos para a baia sem problemas.
 
Bom, começamos a saltar, ele totalmente estúpido e jogava o pescoção pra baixo... 
 
Treinamos uns tempos e resolvemos então entrar em uma provinha. Ele foi perfeito, saltos absurdos mas sob controle.
 
Continuamos os treinamentos, acalmando e quando menos percebi ele tava todo redondinho.
 
Era o cavalo mais perfeitinho que eu já havia conhecido, troncudo, forte!!!
 
Fomos a mais algumas provas e ele sempre dando show. Cavalo fácil, gostoso... 
 
As vezes ainda dava seus ataques de garanhão, mas nada incontrolável!!!
 
Quando fiquei grávida mandei para fazenda descansar, visitava de 15 em 15 dias e ele sempre foi meu cavalo mais carinhoso. Ficava todo preocupado comigo, quando escutava a minha voz relinchava...
Infelizmente eu sentia que meu trabalho com ele já tinha terminado e ele estava lá para ser vendido, mas eu havia me apegado tanto a ele que eu não queria acreditar!!! Ele foi o primeiro cavalo que eu trouxe quando voltei a montar  depois da gravidez e para minha surpresa ele continuava perfeitinho.
 
Com muita dor no coração (muita mesmo, pois ele e eu éramos muito apegados) tive que deixá-lo. Veio um garotinho de seus 10 anos experimentá-lo, gostou e comprou.. Uf... Perdi meu companheiro no Natal!!!
Sinto de mais a falta dele, de como ele era fofo e carinhoso.
 
Espero que tenha o futuro brilhante que ele pintava!!!!
 
 

 

Entre em contato

Clique aqui

 
 

 

 
Banner
Banner
Banner

Visitantes

556432
TodayToday18
YesterdayYesterday265
This weekThis week1023
This monthThis month4516